Todos os posts de Colaboradores

Esta página contém posts publicados por colaboradores do site Tecnologia Persuasiva. Os colaboradores são geralmente os participantes das oficinas e palestras ministradas, e alunos e alunas dos cursos dados em diferentes partes do Brasil.

Mosalingua

O aplicativo Mosalingua utiliza de alertas durante a utilização do celular que influenciam o usuário a realizar estudos de acordo com um tempo pré estabelecido. O usuário é induzido a realizar os estudos durante a sua rotina ao ser notificado. Estes lembretes fazem os usuários ficarem mais propensos a seguir a rotina de estudos determinada, e com isso melhorar o domínio da língua estrangeira. Este aplicativo usa também uma professora de inglês virtual, que funciona como uma ‘ator social’, uma figura que aumenta o poder persuasivo do aplicativo, para dar mais autoridade e credibilidade às mensagens e lembretes.

Colaboração por Michel Douglas – Design UFMG

App Minion Rush


O game Minion Rush, disponível para várias plataformas é atualmente um dos destaques de games para dispositivos móveis. O game funciona on-line e offline, porém para ter acesso a todos os recursos você precisa estar constantemente conectado. Na imagem anexa, um exemplo de como o aplicativo motiva o usuário a compartilhar sua experiência com o game nas redes sociais. Ao compartilhar no Facebook você ganha moedas especiais dentro do jogo e obtém vantagens que não são possíveis de se obter de outra forma, exceto comprando pacotes especiais com dinheiro real. Este recurso se baseia nos princípios básicos da persuasão para motivar os usuários a jogar mais. Entre eles encontra-se a reciprocidade, colaboração, a pressão social e a ideia de escassez. Ítens virtuais são difíceis de conseguir, fazendo com que os usuários compartilhem entre si, e com isso formem uma rede de colaboração e competição.

Alexsander Rodrigues. Design – UFMG

Nossa Energia – Febraban e Instituto Akatu

A preocupação com a preservação dos recursos naturais é crescente. O consumo de energia elétrica impacta diretamente o meio ambiente, seja a queima de combustíveis fósseis ou na construção de hidroelétricas. Visando motivar usuários a consumir energia de forma consciente a FEBRABAN, em parceria com o instituto AKATU, desenvolveu uma série de aplicativos, dentre eles o Nossa Energia. O aplicativo calcula o gasto mensal de energia, dá dicas de como economizar e ainda possui um chamado Apagão onde pode-se competir com os amigos do Facebook.

Três exemplos de design persuasivo

Impressora

É possível perceber que o botão power do equipamento fica completamente afastado de quaisquer outros botões, provavelmente para não confundir o usuário ou para que não seja acionado por descuido.

Google e Facebook

Após pesquisas no site de busca por um produto específico, quando é feito login no facebook, várias publicações sugeridas pela própria rede social te indicam site para compra do produto pesquisado.

Netflix

A empresa chama atenção para o primeiro mês grátis, como um brinde para conhecer melhor o que é fornecido. Através deste comprometimento inicial, o usuário acaba continuando a usar o serviço, já que provavelmente gostou do que experimentou.

O interessante é que para usar o primeiro mês grátis é preciso inserir os dados de cartão de crédito.  E após esse mês de experimentação, o usuário geralmente acaba por contratar o serviço, pois ele começa a cobrar automaticamente. Este método persuasivo é bastante usado em diversos serviços. A opção mais favorável à empresa está selecionada como ‘padrão’, neste caso, é para começar a cobrar depois de um mês de uso. Para cancelar o serviço é preciso entrar nas configurações e remover os dados de cobrança. Mas as pessoas, por comodidade, acabam por deixar como está, e continuam pagando pelo serviço.

Design gráfico persuasivo

Para divulgar o lançamento da campanha McDonald’s Monopoly Milionário, a agência responsável pela publicidade da empresa fez com que réplicas de moedas de ouro voassem dentro de um de seus painéis publicitários, na Av. Paulista, SP. O objetivo da campanha era despertar a curiosidade dos paulistanos para os prêmios oferecidos pela McDonald’s, e principalmente, aumentar o consumo. Além do projeto especial, a divulgação também contava com outras 300 faces estáticas em abrigos de ônibus, localizados em pontos estratégicos.

Contribuição: Samara Pereira de Araújo

Toda forma de Design Persuasivo

Esse é um momento em que o mundo gira em torno, sobretudo, da auto-imagem: o que é, o que se faz, o que gosta, o que se tem – ou seria o que gostaria de ser, de fazer, de gostar e ter – reina sobre a realidade de cada um. O compartilhamento dessas experiências fecha um ciclo com manifestações de tecnologia persuasiva que completam o que o outro procura, estejam elas em forma de serviços, produções visuais, virtuais… toda e qualquer forma de tecnologia persuasiva. Vejo aplicativos que tomam forma de redes sociais criarem um grande vínculo com o usuário quando se coloca, por exemplo, a opção de ter um ícone intrínseco à ele que torna possível relacionar todas as suas atividades virtuais (que envolvem imagens, nesse caso) ao aplicativo em questão – aqui menciono o Pinterest. Isso, claro, além do próprio aplicativo sugerir novas alternativas relacionadas às imagens que você ‘curte’, tornando a atividade de criar e preencher seus painéis longa e prazerosa. Se você quiser.

Outra manifestação inteligente de envolvimento e persuasão ao uso do aplicativo foi a ferramenta relativamente recente do Facebook de trazer à tona posts seus que completam aniversário(s) da data de postagem; causando a sensação de nostalgia, levando a um possível ‘re-compartilhamento’, um novo feedback, etc. Quando memórias são colocadas dessa forma, no mesmo patamar do presente, os efeitos muitas vezes são positivos; e o retorno também.

Curitiba São Paulo

Numa viagem que fiz à São Paulo ainda este ano, pude presenciar a utilização de novos semáforos de trânsito, que traziam bicicletas representadas além da comum sinalização para pedestres. Pouco tempo depois, li uma reportagem que trazia a mesma sinalização aplicada em trânsito na cidade de Curitiba, e em ambos os resultados são positivos: a percepção da comunidade muda em pontos onde circulam pedestres, ciclistas e carros todos juntos, pela simples presença de uma nova simbologia; não só pela atenção às formas e circulação de cada um, mas também pelo incentivo à forma alternativa de locomação. A meu ver, serviços especialmente projetados para agir de maneira persuasiva sobre seus consumidores também se encaixam na categoria em questão.

No mercado alimentício, ingredientes expostos e a possibilidade de ver seu produto sendo montado ajudam a ganhar a confiança do consumidor e incentivam a compra por impulso. Em outras palavras, nesse cenário o consumidor pode ‘comer com os olhos’.

Contribuição de Luiza Coelho Braga Pinto.

Duolingo

Este exemplo tem como base o aplicativo e jogo para aprendizagem de idiomas Duolingo. Através do design persuasivo, ele faz com que o usuário continue utilizando o app para aprender inglês e outras linguas, lembrando-o atraves de mensagens. Essas mensagens só são enviadas após o uso do app e não passam de dois dias de alerta. Outro exemplo é a comunidade do app que comenta sobre as frases montadas, caso haja dúvidas ou equívocos durante o jogo. Para induzir ainda mais o jogador ele pode encontrar seus amigos e compartilhar seu status, além de oferecer bonus por pontuações para melhorar o game, aprendendo girias e palavras diferentes do habitual.

Colaboração por Deivid Oliveira

Sem briga na hora de escovar os dentes

A Orgel Toolbrush vem com a proposta de mudar as hábitos das crianças. Ao em vez de briga para escovar os dentes, por que não deixar esse momento divertido? A escova possui um temporizador, que toca uma musica divertida durante 3min (tempo ideal para a escovação), e um pingente, que retorna ao seu lugar de origem ao final do tempo. A escovação se torna um momento muito mais dinâmico, a as crianças tomam a iniciativa de fazê-lo. De forma simples e eficiente, esse produto muda a postura da criança mediante um momento que até então era considerado ruim.

Contribuição por: Letícia Durães

Netflix e Avast

Netflix

Ao entrar na sua página do Netflix o programa já seleciona automaticamente filmes que se relacionam com filmes já assistidos. Nesse caso a persuasão é por afinidade e gosto, sugerindo opções com base no gosto do usuário. E esta persuasão acontece no momento certo, bem na hora que a pessoa está para escolher novos filmes para assistir.

Antivírus Avast

A publicidade para compra do antivírus destaca a idéia do cliente se tornar um Herói. A persuasão se dá pela idéia de aceitação e ascensão social.