Privacidade infantil

Saiu no jornal Guardian desta semana que a atriz Gwyneth Paltrow colocou uma foto dela e da filha numa estação de esqui no Instagram, para seus mais de 5 milhões de seguidores. A foto mostra a mãe e filha, chamada Apple Martin, no chairlift. Algum tempo depois a filha comentou na foto algo do tipo: “Mãe nós já discutimos isso. Você não pode postar nada sem meu consentimento”. A mãe respondeu “não dá nem pra ver seu rosto!”. Apple está usando um óculos de ski que cobre bastante o rosto.

O comentário, que já foi apagado, levanta a discussão a respeito da privacidade de crianças e adolescentes na internet. Muitos pais se sentem no direito de publicar tudo sobre seus filhos, desde a imagem do ultrassom, até fotos constrangedoras dos filhos.

Alguns seguidores criticaram a filha por brigar com a mãe publicamente, outros apoiaram a decisão da Apple dizendo que a adolescente tem o direito de reclamar, já que é a imagem dela que está sendo compartilhada com milhões de pessoas.

Parece que esta será uma discussão que vamos ver mais frequentemente nos próximos anos, quando as crianças de hoje crescerem e notarem que foram super expostas pelos seus pais nas redes sociais. As crianças pequenas não têm controle sobre o que os pais publicam, mas têm o direito sobre a suas imagens. Quando crescerem, vão começar a querer ter controle sobre o que está exposto a respeito deles na internet. Será que vai chegar um dia que filhos vão entrar na justiça contra os próprios pais devido a dano à imagem?


Conteúdo relacionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.